Duas turistas morrem e outras quatro são esfaqueadas resort de Hurghada

Ao menos seis turistas foram esfaqueadas e duas delas morreram nesta sexta-feira (14) em um resort de Hurghada, no Egito, às margens do Mar Vermelho.
O Ministério do Interior do Egito afirmou que as mulheres são de diversas nacionalidades. Anteriormente, a polícia local havia informado que as vítimas eram originárias apenas da Ucrânia.
Em comunicado, o Ministério também afirmou que o agressor foi preso pelos autoridades e está sendo interrogado.
A cidade de Hurghada se estende por 40 km da costa egípcia e é repleta de turistas por abrigar diversos resorts, restaurantes e bares.
As vítimas fatais do ataque seriam duas turistas alemãs. A informação é do tabloide "Bild", que cita fontes das forças de segurança egípcias. Pouco antes, circularam rumores que apontavam que as duas pessoas mortas eram ucranianas.
Uma testemunha que estava no hotel contou ao jornal "Masry al Youm" que o terrorista, vestido com uma camiseta preta e calça jeans, gritava "não quero os egípcios, não é vocês que procuramos", em árabe.

Com informações R7.com
Tecnologia do Blogger.